Kia Notícias

Notícia KIA COM RECORDE DE VENDAS NA EUROPA

17-01-2018

A Kia Motors registou em 2017 o melhor ano da sua história na Europa, com um crescimento de vendas de 8,5%. Segundo os dados agora revelados pela ACEA (Associação Europeia de Fabricantes de Automóveis), a Kia averbou um recorde de 472 125 unidades novas vendidas em todo o continente, contra as 435 316 de 2016. Este crescimento foi superior ao do mercado total, cuja progressão se situou nos 3,3% em 2017.

Os resultados agora divulgados traduzem igualmente uma subida na quota de mercado europeia, que passou a situar-se nos 3% e que constitui igualmente uma marca sem precedentes. A renovação de gama protagonizada em 2017 foi decisiva para estes resultados, com lançamentos tais como o coupé de quatro portas Stinger e o crossover compacto Stonic, a que se juntaram as novas gerações do Rio e do Picanto. A crescente gama de veículos híbridos e elétricos da marca desempenhou igualmente um papel importante no sucesso de vendas da Kia.

Michael Cole, Chief Operating Officer da Kia Motors Europe, comentou: “2017 representou um ano de mudança para a Kia na Europa, com o lançamento de uma série de produtos novos e importantes. Novas gerações dos nossos mais conhecidos modelos compactos, o Rio e o Picanto, foram acompanhados por carros lançados em segmentos onde nunca tínhamos tido presença. O Stonic já se está a tornar um modelo de volume muito importante para a Kia, enquanto o Stinger impressionou os meios de comunicação e os consumidores com o seu design e o seu desempenho dinâmico”.

Os híbridos e os elétricos estão também a conhecer um peso cada vez maior no nosso portefólio de produtos. Durante o ano passado, vimos as vendas serem impulsionadas pela introdução de duas novas versões híbridas plug-in e pelo sucesso crescente do crossover híbrido Niro. Como resultado, quase 1 em cada 10 Kia vendidos na Europa é agora um veículo híbrido ou elétrico. Esta é uma tendência que irá acelerar nos próximos anos, com veículos alternativos que contribuam significativamente para o nosso objetivo de meio milhão unidades vendidas na Europa no médio prazo”, disse ainda Michael Cole.

Vendas de veículos híbridos e elétricos quase triplicam em um ano

2017 foi um ano recorde de vendas de veículos híbridos e elétricos para a Kia Motors Europe, com os resultados a praticamente triplicarem. O primeiro ano completo de vendas do Niro viu este crossover híbrido tornar-se o quinto carro mais vendido da Kia, com 30 986 unidades comercializadas, a que se juntaram 2 888 unidades da versão Plug-in Hybrid. O Soul EV, por seu turno, registou um recorde de 5 718 unidades, representando um aumento de 28,5% face a 2016. Entretanto, a gama Optima foi reforçada com o novo Optima Sportswagon Plug-in Hybrid, versão que totalizou 2 382 unidades.

No Consumer Electronics Show 2018, em Las Vegas, a Kia Motors anunciou sua intenção de oferecer aos clientes uma gama de 16 veículos elétricos até 2025, incluindo cinco híbridos, cinco híbridos plug-in, um novo EV e um novo EV com tecnologia de célula de combustível.

Sportage, Rio e Picanto

O Kia Sportage manteve sua posição como o modelo europeu mais vendido da marca, com 131 783 unidades vendidas no ano passado, enquanto o Rio se tornou o segundo melhor, após a introdução da nova geração no primeiro trimestre de 2017. As vendas do Rio cresceram 6,0% face a 2016, evoluindo das 68 580 para as 72 688.

A gama cee’d, fabricada na Europa, foi a terceira mais vendida, com 72 105 unidades, enquanto o novo Picanto – também introduzido no primeiro trimestre do ano – conquistou vendas recorde, crescendo 14,3%, colocando-se nas 63 145 unidades.

Novos modelos em novos segmentos

Os lançamentos do Stonic e do Stinger no último trimestre de 2018 foram outros dos fatores de crescimento das vendas da Kia. Após a sua apresentação em 2017, o Stinger – o carro mais potente alguma vez lançado pela Kia – registou vendas de 1 265 modelos nos últimos meses do ano. Uma nota final para o modelo Stonic e para o rápido sucesso entretanto alcançado: a Kia vendeu 11 747 unidades desde modelo durante os seus primeiros meses de venda, refletindo uma entrada bem-sucedida no segmento B-SUV.