Kia Notícias

Notícia Troféu Kia Picanto GT Cup volta a surpreender em Braga

10-05-2019

Em que outro Troféu de velocidade poderia um piloto com carreira internacional impor toda a sua experiência e, ao mesmo tempo, haver espaço para brilharem os Júniores? Foi isso mesmo que aconteceu este fim de semana no Troféu Kia Picanto GT Cup, cuja 2ª ronda da temporada veio demonstrar como esta competição monomarca está a transformar todo o desporto automóvel em Portugal, permitindo uma convivência inédita em pista e fora dela.

No circuito Vasco Sameiro, em Braga, o Troféu Kia Picanto GT Cup voltou a demonstrar as razões pelas quais é considerado o mais surpreendente de sempre na velocidade nacional, num ambiente em que a emoção convive com o fair-play.

Naquela que foi a segunda “prova-de-fogo” da temporada 2019, Manuel Gião foi o grande vencedor do fim de semana, ao subir ao lugar mais alto do pódio nas duas corridas disputadas. Apoiado pela Univex, Gião saiu desta ronda minhota com um duplo triunfo e a volta mais rápida da segunda corrida, obtendo, assim, a pontuação máxima a que podia aspirar. Já Vasco Pereira, vencedor do Kia Racing Opportunity 2019, voltou a comprovar a validade desta iniciativa única no automobilismo nacional ao terminar no 1º lugar da categoria Júnior na Corrida 1. Orlando Batina, por seu lado, triunfou entre os Júniores na Corrida 2.

Costuma dizer-se que os resultados são aquilo que fica para a História, mas no Troféu Kia Picanto GT Cup tudo vai mais longe, em especial pelas extraordinárias oportunidades para os pilotos mais jovens. O andamento fortíssimo dos Júniores ficou visível na classificação da Corrida 2, com seis pilotos da categoria a ocuparem os oito primeiros lugares à geral — algo inédito na história da competição.

Para João Seabra, Diretor Geral da Kia Portugal, e que dividiu o carro nº 7 com Ricardo Gonçalves, “as duas corridas realizadas em Braga deixaram em evidência a qualidade dos pilotos do Troféu e a garra do cada vez maior número de pilotos da categoria Júnior que dele fazem parte”. “Ao volante e enquanto espectador assíduo pude ainda comprovar como a emoção das corridas encontrou correspondência no desportivismo que é uma das grandes premissas do Kia Picanto GT Cup, o que faz com que este regresso ao Vasco Sameiro tenha um significado ainda maior”.

Já Tiago Raposo Magalhães destacou o cariz especial da competição: “É um Troféu único em Portugal pela curva de crescimento que apresenta e pela qualidade dos pilotos que nele militam. Apesar das características do Circuito, é um orgulho poder chegar ao fim de semana sem incidentes de maior e com a clara noção de que os pilotos das duas categorias se identificam com o espírito de fair-play que queremos promover no Kia Picanto GT Cup. Há ainda que salientar a competitividade registada pelos 13 carros que concluíram a Qualificação 2 dentro do mesmo segundo, afirmando assim a igualdade técnica entre todas as viaturas”, concluiu o responsável pela CRM Motorsport.